Gaúcho Guapo

Craveiro & Cravinho

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Gaúcho Guapo Craveiro & Cravinho
No dia que eu deixei o meu Rio Grande
Ainda me lembro como fosse agora
Dei um abraço em minha mãe querida
Cantava o galo ao romper da aurora

Da minha gente eu me despedi
Saí no escuro pela estrada afora
Meu sentimento é deixar uma china
Lá bem distante que meu peito adora

Conheço bem o meu Brasil querido
Aonde eu passo não faço demora
Cada paragem sempre um novo amor
Na despedida moreninha chora

No peito desse gaúcho guapo
Em nenhum momento a tristeza mora
Quando a saudade quer me dominar
Dou um suspiro, o meu peito melhora

Cada estado que o gaúcho passa
Uma nova dança o gaúcho decora
Aqui em São Paulo gostei do catira
Entro na sala arrastando a espora

Precisa ser o zóio reforçado
Se não o meu balanço não me escora
O meu chicote no braço direito
No lado esquerdo meu schimidt mora

Pensando bem sou igual a nuvem branca
Que corta espaço e vai pro mundo afora
Saí de casa pra conhecer o mundo
No meu Rio Grande voltarei outrora

A minha vida é igual do beija-flor
Que no jardim vai ao romper da aurora
Sempre beijando uma nova flor
Não tenho amor dispenso e vou-me embora
abrir vídeo no player adicionar no player
  • músicas
Publicidade
Publicidade
00:00 / 00:00