Sol de Giz de Cera (part. Tulipa Ruiz & Estela Vergílio)

Emicida

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Sol de Giz de Cera (part. Tulipa Ruiz & Estela Vergílio) Emicida
[Verso 1 : Emicida]
Ela quer me contar
Um negócio sobre cada pé de feijão
Que brotou no algodão
Não após
Dar cada detalhe do passeio dos caracóis
Voa sorrindo
Brinca no vento
Eu vi que o mundo pode ser
Velho e novo ao mesmo tempo
Viro rei, pirata, samurai
Em resumo, no rumo, papai

[Refrão : Emicida e Tulipa Ruiz]
Sou eu quem mata o leão
Quem vence o dragão, ufa
Enfrenta a vida dura
Dom Quixote doidão
De espada na mão
E ainda volto pra casa com a mistura
Cantando um
Pa-pa-pa-para...

[Verso 2 : Emicida]
Menos um dente
Joelho ralado
E eu atrás tipo um velho
"Cuidado, cuidado, cuidado"
Pa-pai, ó, ó, vem, vem, só, só
Bem, bem, dó, dó
O cadarço deu um nó
Pula como quem flutua
E fala de abelha, bala, olha a lua
O cachorro comeu a canetinha
De sua alteza, princesa cosquinha

[Refrão]





Denunciar conteúdo inapropriado
abrir vídeo no player adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Rap, Hip Hop
Site Oficial
Publicidade
letras de Emicida
Publicidade
00:00 / 00:00