Moda Da Mula Preta/Lorota Boa (Ao Vivo)

Luíz Gonzaga

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Moda Da Mula Preta/Lorota Boa (Ao Vivo) Luíz Gonzaga
Eu tenho uma mula preta
Tem sete palmo de altura
A mula é descanelada
Tem uma linda figura, ai, ai, ai
Tira fogo na calçada
No rampão da ferradura, ai, ai, ai
Com uma morena delicada
Na garupa faz figura, ai, ai, ai

A mula fica enjoada
Pisa só de anca dura

O ensino da criação
Veja quanto que regula, ai, ai, ai
O defeito do mulão
Eu sei que ninguém calcula, ai, ai, ai
Moça feia e marmanjão
Na garupa a mula pula, ai, ai, ai
Chega a fazer cerração
Todos os pulos dessa mula, ai, ai, ai

Cabra muda de feição
Sendo preto fica fula

O ensino da criação
Veja quanto que regula, ai, ai, ai
O defeito do mulão
Eu sei que ninguém calcula, ai, ai, ai
Moça feia e marmanjão
Na garupa a mula pula, ai, ai, ai
Chega a fazer cerração
Todos os pulos dessa mula, ai, ai, ai

Cabra muda de feição
Sendo preto fica fula

Soltei a mula no pasto
Veja o que me aconteceu, ai, ai, ai
Uma cobra venenosa
A minha mula mordeu, ai, ai, ai
Com o veneno dessa cobra
A mula nem se mexeu, ai, ai, ai
Só durou umas quatro horas
Depois a mula morreu, ai, ai, ai

Acabou-se a mula preta
Que tanto gosto me deu

Dei uma carrera num cabra qui mexeu cá Maroquinha
Começou na Mata Grande e acabou na Lagoinha!
Corri mais de sete légua, carregado como eu vinha
Pois trazia na cabeça um balaio cheio de galinha
Oh, oh, oh

Que mentira qui lorota boa, eu?
Que mentira qui lorota boa

O meu primo Zé Potoca mente tanto qui faz dó
Me contou qui pegou água, enrolou e deu um nó
Qui mentira mais danada, que lorota mais à toa
Dá nó n'água né pussivel, é potoca e das boa
Oh, oh, oh!

Que mentira qui lorota boa, eu?
Que mentira qui lorota boa

Certa noite muito escura atirei de brincadeira
Espaiei dezesseis chumbo com a minha atiradeira
No momento ia passando quinze patos no terreiro
Que cairam fulminado, oh que tiro mais certeiro
Oh, oh, oh!

Que mentira qui lorota boa, eu?
Que mentira qui lorota boa

Vou contar agora um caso qui astur dia aconteceu
Minha sogra está de prova que tal fato assucedeu
Uma cobra venenosa viu a véia e mordeu
Mais inveis da minha sogra foi a cobra que morreu
Oh, oh, oh!

Que mentira qui lorota boa, eu?
Que mentira qui lorota boa



Denunciar conteúdo inapropriado
abrir vídeo no player adicionar no player
  • ouvir
Publicidade
letras de Luíz Gonzaga
00:00 / 00:00