Realidade

Menor do Chapa

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Realidade Menor do Chapa
Minha raiz favelada, nunca negarei mesmo que ande pelo vale da sombra da morte nada temeria.
Andinho Bolado diretamente do morro do Quadro.
Não sei se é digno ou pacificador
Alivia a luta de todo sofredor, um simples favelado
Com grande objetivo passando por menor um fogo de incentivo
Ideologia certa de cristo ou de cante
Minha vida é o trabalho sou fraco fui errante
Bante tudo rap eu venho da favela quando será o fim desta triste novela
De fome, miséria, forte medo, tem que ter atitude pra viver aqui no gueto
Criançada sem educação não tem saúde, sem dinheiro e moradia propria
Muita gente se ilude
Os sonhos de consumo é verdadeiro,
Motivo aqui ninguém se importa com instinto coletivo
Realidade triste, desemprego exclusão, em nome do dinheiro irmão mata irmão
O crime ta ai pode ser uma saída, escolha seu caminho tenha amor a sua vida
Aqui é o submundo, frio, louco, sem graça,
Tipo aquele moleque cheirando cola lá na praça
O barraco de madeira não resisti a forte chuva
O bebê chorou a mãe na amargura
Convive com uma injustiça, hipocrisia
Nós somos vitimas desta guerra urbana, sem ideologia
O favelado, calado no barraco, esquecido
Bandido de refém nesse país falido o mundo desigual que não nos da esperança
O que vale mais? Muito dinheiro no bolso ou o sorriso de uma criança
O inimigo sobe o morro fardado, fortemente armado, informatizado
O fim do nosso povo como uma lei mais repressiva
Um te mete a mão eles não dão alternativa
A fita é corrompida, extorquida, suicida, aqui o bagulho é serio pouco vale sua vida
Lembra do menor na madruga horrendo
Se torno um criminoso, adorado, violento
De frente lá no murro portando uma Ak,já pica pra caralho tipo Pablo Escoba
Inimigo publico nº1, miséria vira ódio por aqui isso é comum
Ontem no sinal menor marabalista, hoje procurado bandido terrorista
Armadilha do sistema pra pegar o nosso povo
Quem manda de no Brasil verdade, elege presidente
Denigre minha gente codisia tragédia entre as famílias pobres o nosso sangue é derramado para eles é só ibope.
To tranqüilão não me rendo numa boa, Jesus é a luz que conduz e abençoa
Muita fé em deus paz, justiça e liberdade
O sofrimento de um povo na bíblia esta escrito, nossa salvação e Jesus cristo
A paz é só um sonho no terceiro milênio o reino de Deus um verdadeiro premio
Criado no Santa Tereza neurótico, frenético, faço apologia ao meu ritmo poético
Menor revoltado cheio de trauma, luto pela justiça a verdade que nos salva
Minha raiz favelada nunca negarei mesmo que ande pelo vale da sombra da morte na temerei, deus da o livramento os mandamento
Jesus deixou a prova no novo testamento, mas pra ser vencedor tem que ser merecedor.
A ignorância do meu povo é a vitória do opresso, o justo observe do massacre intriga
Só Deus que nos leva a terra prometida
abrir vídeo no player adicionar no player
  • músicas
Publicidade
Publicidade
00:00 / 00:00