Tribunal do Amor

Milionário e José Rico

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Tribunal do Amor Milionário e José Rico
Sei que sou um preso
Preso em liberdade
Confesso não sou um covarde
Sempre fiz meu papel de homem

Não matei e nem roubei
Só sei que estou condenado
Eu pretendo ser julgado
Pelo tribunal do amor

Sou eu que vivo sofrendo
De paixão quase morrendo
Quem viveu comigo não me deu valor
Sou eu que vivo sofrendo
De despeito estou quase morrendo
Por eu ser um condenado do amor



Denunciar conteúdo inapropriado
abrir vídeo no player adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Sertanejo
Site Oficial
Publicidade
letras de Milionário e José Rico
Publicidade
00:00 / 00:00