Balada do Amor Sublime

Moacyr Franco

fotos
Traduzir letra para:
  • tradução
Balada do Amor Sublime Moacyr Franco
Sem sofrer
Não se aprende amar
Louvo a Deus meu sofrimento
E a vontade que eu sinto de chorar

Pois despertei
A tristeza enfim
A beleza divinal
Do amor dentro de mim

O ciúme eu sei
Não é tolice que a gente tem
É somente a dor desconfiada
De saber que o que é nosso
Possa ser de outros também

Ô..ô..ô...
Ô..ô..ô...
Ô..ô..ô...
Ô..ô..ô...

Pois despertei
Da tristeza enfim
A beleza divinal
Do amor dentro de mim.


Denunciar conteúdo inapropriado
abrir vídeo no player adicionar no player
  • ouvir
Estilos: Romântico
Site Oficial
Publicidade
letras de Moacyr Franco
Publicidade
00:00 / 00:00